sábado, 31 de outubro de 2009

Botafogo é o único Clube Campeão em 3 Séculos

Campeão Carioca de Futebol 2006

Campeão Brasileiro de Remo 1902

Campeão Estadual de Remo 1899

O Botafogo sagrou-se a única entidade esportiva Brasileira campeã em três séculos distintos, XIX, XX e XXI ao vencer o Campeonato Carioca de Futebol em 2006.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Botafogo é o 3º maior Conquistador de Títulos no Futebol Brasileiro

O Botafogo é o 3º time do Brasil com mais de 100 títulos no Futebol, no total o Clube possui 116 Títulos, em 1º lugar vem o Flamengo com 183 títulos e em 2º lugar o Palmeiras com 132 títulos.

Todos os títulos do Botafogo conquistados no Futebol

Galeria de Troféus do Botafogo
Títulos Nacionais Oficiais
Campeonato Brasileiro: 1968/1995

Títulos Nacionais Amistosos
Torneio Triangular de Porto Alegre: 1951
Torneio João Teixeira de Carvalho: 1958
Torneio Governador Magalhães Pinto: 1964
Torneio Quadrangular de Teresina: 1966
Torneio Independência do Brasil: 1974
Torneio Ministro Ney Braga: 1976
Torneio 23º Aniversário de Brasília: 1983
Torneio Rio - Brasília: 1996

Títulos Internacionais Oficial
Copa Conmebol: 1993

Títulos Internacionais Amistosos
Torneio Quadrangular do Rio de Janeiro: 1954
Torneio Internacional da Colômbia: 1960
Pentagonal do México: 1962
Torneio de Paris de Futebol: 1963
Torneio Íbero Americano de Buenos Aires (ARG): 1964
Torneio Jubileu de Ouro da Associação de Futebol de La Paz: 1964
Torneio Internacional do Suriname: 1964
Taça Círculo de Jornalistas de Periódicos Esportivos de Caracas: 1966
Troféu Carranza: 1967
Torneio Internacional de Caracas: 1967 - 1968 - 1970
Torneio Hexagonal do México: 1968
Torneio de Genebra: 1984
Torneio de Berna (Philips Cup): 1985
Torneio Pentagonal da Costa Rica: 1986
Torneio Cidade Palma de Mallorca: 1988
Torneio da Amizade: 1990
Torneio Internacional Eduardo Paes: 1994
Torneio Presidente da Rússia: 1996
Troféu Teresa Herrera 1996
Copa Nippon Ham: 1996
Copa Peregrino: 2008

Títulos Regionais Oficiais
04 Torneios Rio - São Paulo: 1962 - 1964 - 1966 - 1998

Títulos Regionais Amistosos
01 Taça dos Campeões Estaduais: 1931

Títulos Estadual Oficiais
19 Campeonatos Carioca: 1907 - 1910 - 1912 - 1930 - 1932 - 1933 - 1934 - 1935 - 1948 - 1957 - 1961 - 1962 - 1967 - 1968 - 1989 - 1990 - 1997 - 2006
06 Taças Guanabara: 1967 - 1968 - 1997 - 2006 - 2009 - 2010
05 Taças Rio de Janeiro: 1989 - 1997 - 2007 - 2008 - 2010
01 Taça Cidade Maravilhosa: 1951 - 1996
01 Taça Augusto Pereira da Motta: 1975
01 Taça José Wânder Rodrigues Mendes: 1976
08 Torneios Início do Rio de Janeiro: 1934 - 1938 - 1947 - 1961 - 1962 - 1963 - 1967 - 1977

Títulos Estadual Amistosos
01 Torneio da Capital da Copa Rio Estadual: 1995

Troféus conquistados em partida única
Troféu Bronze Elihu Root : 1906
Troféu Interestadual: 1910
Copa Oscar Machado: 1914
Taça Gargeol: 1916
Taça Ypiranga: 1917
Troféu Federação Brasileira de Remo: 1917
Taça Inauguração do Estádio: 1919
Taça Liga Baiana: 1919
Taça Gargeol (2º lugar no Campeonato Carioca): 1919
Taça Centro Mineiro: 1919
Taça Alfredo Eubanck: 1920
Taça D. Cinira de Oliveira: 1924
Taça Miguel de Pino Machado: 1925
Taça Estádio Parque Antarctica: 1929
Taça Volantes Portugueses: 1935
Copa Burgos: 1941
Taça Cidade de La Paz: 1948
Taça Popularidade: 1952
Taça Governador Irineu Bornhausen: 1952
Copa Caritas de Futebol: 1955
Copa Hoteles Astoria: 1958
Copa Embaixador do Brasil: 1958
Troféu Cidade de Saquarema: 1958
Troféu Capitão Válter Paiva: 1961
Troféu Alonso Hijos: 1962
Troféu Inauguração do Mineirão: 1965
Taça Dr. Julio Bustamante: 1968
Taça Oldemario Ramos: 1968
Troféu Alcaide Dr. José M. Rodríguez Arnaiz: 1970
Troféu Ramón de Carranza (Pequena Réplica pelo 3° lugar): 1972
Troféu Alberto Peres: 1976
Troféu Governador de Rondônia: 1985
Troféu Tadeu Gilbert: 1985
Troféu Governador José Aparecido: 1986
Troféu Centenário do Campeonato Carioca: 2006
Troféu João Havelange: 2007

2009 - Botafogo Campeão da Taça Guanabara


O Botafogo sagrou-se campeão da Taça Guanabara pela quinta vez ao superar o Resende na decisão por 3 a 0 no Maracanã, os gols foram marcados por Reinaldo, Lucas Silva e Maicosuel.

FICHA TÉCNICA:

Botafogo 3 x 0 Resende

Botafogo - Renan; Juninho, Emerson (Léo Silva) e Wellington; Alessandro, Leandro Guerreiro, Fahel, Thiaguinho (Wellington Júnior) e Maicosuel; Lucas Silva (Jean Carioca) e Reinaldo. Técnico - Ney Franco.

Resende - Cléber; Márcio Costa (Beto), Naílton e Breno; Bruno Leite (Hiroshi), Márcio Gomes, Fred, Léo (Viola) e Marquinhos; Bruno Meneghel e Fabiano. Técnico - Antônio Carlos Roy.

Gols - Reinaldo, aos 34 do primeiro tempo; Lucas Silva, aos 7, e Maicosuel, aos 41 do segundo tempo.

Árbitro - João Batista de Arruda.

Cartão amarelo - Bruno Leite, Naílton, Beto, Fabiano, Wellington Júnior e Maicosuel.

Cartão vermelho - Naílton e Wellington Júnior.

Renda - R$ 1.251.000,00.

Público - 72.301 pagantes (75.350 presentes).

Local - Estádio do Maracanã, no Rio.

2008 - Botafogo Campeão da Copa Peregrino


Time Campeão: em pé: Renato Silva, Castillo, Túlio, Ferrero e Zé Carlos; agachados: Wellington Paulista, Triguinho, Alessandro, Jorge Henrique, Diguinho e Lúcio Flávio

A Copa Peregrino foi um torneio amistoso de futebol entre clubes do Rio de Janeiro e da Noruega em 2008. Realizada no Rio de Janeiro a competição foi abrigada no Estádio Giuliti Coutinho, em Mesquita, porém, uma partida ocorreu no Engenhão. O Botafogo mesmo sem disputar uma das partidas, quando foi substituído pelo Boavista, foi o campeão.

2008 - Botafogo Bicampeão da Taça Rio


Em 2008 o Botafogo conquistou o seu 4º título da Taça Rio vencendo o Fluminense na Final por 1x0, O gol da vitória do Botafogo foi marcado aos 39min da etapa final pelo zagueiro Renato Silva.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

2007 - Botafogo Campeão da Taça Rio


Time Campeão: Júlio César, Joílson, Alex, Juninho e Luciano Almeida; Túlio, Leandro Guerreiro, Lúcio Flávio (Diguinho) e Zé Roberto (Juca); Jorge Henrique (André Lima) e Dodô.
Técnico: Cuca.


Em 2007 o Botafogo conquistou a 3ª Taça Rio da História do Clube, a final foi disputada em dois jogos, o primeiro jogo terminou 2x2 e na finalissima o Botafogo venceu o Cabofriense por 3x1

A Campanha
1ª Fase:
Botafogo 7-0 Friburguense
Botafogo 1-0 Fluminense
Botafogo 1-2 América
Botafogo 2-1 Volta Redonda
Botafogo 2-0 Vasco da Gama - c
6-2 Nova Iguaçu

Semifinal
Botafogo 4-4 Vasco da Gama - (4-1)

Final:
Botafogo 2-2 Cabofriense
Botafogo 3-1 Cabofriense

fonte: blog Esporte Rio

2006 - Botafogo Campeão Carioca



O Alvinegro fez a festa no Maracanã após nove anos de jejum. Vitória de 3 a 1 foi com toda a autoridade e honrando a gloriosa camisa

Diante de um estádio repleto de empolgados torcedores alvinegros, o Botafogo venceu o Madureira por 3 a 1 com autoridade e sagrou-se campeão carioca pela 18ª vez. O destaque do jogo foi o atacante Dodô, que marcou dois gols do time (Reinaldo fez o terceiro) e ficou com a artilharia isolada da competição. A conquista alvinegra chegou após nove anos de jejum, já que o último título estadual foi em 1997. Além da Taça de Campeão Carioca o Botafogo ganhou o Troféu Centenário do Campeonato Carioca, pois em 2006 o Campeonato Carioca completou 100 anos de existência.

Campanha do Título em 2006

Taça Guanabara

Botafogo 3 x 0 Friburguense

Madureira 1 x 2 Botafogo

Botafogo 5 x 3 Vasco

Volta Redonda 3 x 2 Botafogo

Botafogo 0 x 2 América

Semifinal

Botafogo 2 x 1 Americano

Final
Botafogo 3 x 1 América

Taça Rio

Botafogo 1 x 1 Nova Iguaçu

Flamengo 3 x 2 Botafogo

Botafogo 1 x 1 Cabofriense

Americano 2 x 2 Botafogo

Fluminense 2 x 2 Botafogo

Portuguesa 0 x 2 Botafogo

Final do Carioca

1º jogo
Madureira 0 x 2 Botafogo

2º Jogo
Botafogo 3 x 1 Madureira

2006 - Botafogo Campeão da Taça Guanabara


Com a Conquista da Taça Guanabara em 2006, o Botafogo quebrou um jejum que já durava 8 anos sem Títulos, em uma final eletrizante contra o América

A vitória de 3 a 1 deu ao Alvinegro a quarta conquista da Taça Guanabara (ganhou também em 1967, 1968 e 1997). Os gols da vitória foram marcados por Scheidt, Dodô e Zé Roberto. Robert descontou.

Botafogo
Max; Ruy (Neném), Scheidt, Asprilla e Bill (Glauber); Thiago Xavier, Diguinho, Lúcio Flávio e Zé Roberto; Marcelinho (Reinaldo) e Dodô
Técnico: Carlos Roberto

América
Everton; Guerra, Santiago, André e Maciel; Válber, Argeu (Bruno Silva), Bruno Lazaroni, Robert (Leandro) e Julinho; Chris (Flávio)
Técnico: Jorginho

Local: estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: William Marcelo de Souza Nery
Auxiliares: Marcelo Fonseca Duarte e Wágner de Almeida Santos
Cartões amarelos: Ruy (B), Marcelinho (B), Santiago (A), André (A), Lúcio Flávio (B), Bruno Silva (A)
Cartão vermelho: Bruno Lazaroni (A)
Gols: Robert, aos 15min do primeiro tempo; Scheidt, aos 13min, Dodô, aos 21min, Zé Roberto, aos 33min do segundo tempo

2004 - Centenário Glorioso - Imagens da Festa




BOTAFOGO – HINO AO CENTENÁRIO

Autores: Izzo Rocha e Vilson Santos

(Intérprete : Izzo Rocha)

Há muito tempo atrás

No Continente Europeu

Um grande poder de fogo

Muitas batalhas venceu

O galeão português

Barco formoso, poderoso de além mar

De Botafogo foi batizado

Por tudo conquistar

No Largo dos Leões adolescentes fundara

Um clube de emoção, que hoje é tradição

Centenário de alegria e de paixão

Alvinegro campeão

Orgulho de uma Nação

Garrincha, Didi, Nilton Santos, Quarentinha

Indo mais atrás,

Heleno de Freitas e outros mais...

Eu vou gritar, eu vou gritar para o mundo ouvir

Tenho o Botafogo no meu Coração.

2003 - O Resgate da Dignidade



Didi, Garrincha e Nilton Santos na Seleção da FIFA

Na seleção da Fifa dos maiores jogadores de todos os tempos, BOTAFOGO é o clube que mais tem jogadores selecionados.
A Seleção de Futebol do Século 20 é uma equipe fictícia de futebolistas, que marcaram esporte no século XX eleita em várias oportunidades por pesquisas realizadas por revistas, jornais de todo mundo e também pela FIFA, Basicamente as "seleções" eleitas seguem o formato 4-4-2 (dois zagueiros, dois laterais, quatro meias e dois atacantes), porém algumas listam têm três atacantes como a Oficial da Seleção do Século XX , entre outras variações.

Ano 2000 - Botafogo Eleito pela FIFA o 12º Maior Clube do Mundo

Em 11 de dezembro de 2000, a FIFA divulgou uma lista oficial na qual constava os maiores clubes de futebol do Século XX A pesquisa foi feita exclusivamente por treinadores e capitães das principais seleções do mundo, além de leitores da revista bimestral da FIFA em dezembro de 2000

Ranking
1º- Real Madrid/ESP
2º- Manchester United/ENG
3º- Bayer Munique/ALE
4º- Barcelona/ESP
5º- Santos/BRA
6º- Ajax/HOL
7º- Juventus/ITA
8º- Penarõl/URU
9º- Flamengo/BRA
10º- River Plate/ARG
11º- Milan/ITA
12º- Botafogo/BRA
13º- Liverpool/ENG
14º- Benfica/POR
15º- Independiente/ARG
16º- Boca Juniors/ARG
17º- Internazionale/ITA
18º- Arsenal/ENG

O Botafogo de Futebol e Regatas, outro time da cidade do Rio de Janeiro foi fundado sob o nome Botafogo Football Club. O clube é indiretamente responsável por muitos títulos da Seleção Brasileira de Futebol, pois é o recordista de convocações para a mesma. Atuaram pelo Brasil 92 jogadores botafoguenses. Em Copas do Mundo , foram 46 convocações fazendo do Brasil a maior potência do futebol mundial, devido a sua grande contribuição. Seus mais marcantes ídolos foram
Garrincha, Nilton Santos, Didi, Jaizinho, Amarildo, , entre outros. Teve grandes momentos nas décadas de 1930 e 1960 principalmente. Seus principais títulos no século XX são 1 Taça Brasil, 1 Campeonato Brasileiro, 1 Copa Conmebol, 4 Torneios Rio-São Paulo e 18 Títulos Estaduais. Também estabeleceu o recorde de invencibilidade do futebol brasileiro, quando ficou 52 partidas sem derrotas, marca que posteriormente o rival Flamengo igualou, e foi o responsável pela maior goleada do futebol brasileiro, ao aplicar 24 a 0 sobre o Sport Club Mangueira.

Período de 1999 á 2006

O Botafogo ficou de 99 até 2006 sem conquistar 1 Título, nesse período o Time foi vice Campeão da Copa do Brasil 99, do Torneio RIO-SP 2001 e da Taça Guanabara 2001, em 2002 O Clube viveu seu Pior momento caindo pra série B, em 2003 o Clube lutou até o fim para voltar a Elite do Futebol e conseguiu, em 2004 o Clube já estava de Volta a série A, em 2006 o Clube quebrou um jejum de 7 anos sem títulos e venceu a Taça Guanabara e o Campeonato Carioca. No Ano 2000 o Botafogo conseguiu a façanha de ser eleito pela FIFA o 12º maior clube do século XX e o ùnico Clube com 3 jogadores na Seleção do Sèculo da FIFA.

1998 - Botafogo Tetra-Campeão do Torneio Rio-SP



Em 1998 o Botafogo sagrou-se tetra-campeão da competição interestadual, tornando o único clube carioca Tetra-Campeão da Competição, o atacante Bebeto foi o artilheiro do torneio com 4 gols.

Campanha do Botafogo
Fase de Grupo
Corinthians 0-1 Botafogo
Vasco 1-0 Botafogo
Botafogo 2-2 Palmeiras
Botafogo 2-1 Corinthians
Botafogo 2-2 Vasco
Palmeiras 0-1 Botafogo

Classificação:
1º Palmeiras 9 pts
Botafogo 8 pts
3º Vasco 5 pts
Corinthians 2 pts

Semifinais
Botafogo 0x0 Santos - Maracanã
Santos 2x2 Botafogo Pacaembu - Nos pênaltis: Santos 3x4 Botafogo

1ª final Jogo 28/02/1998 - Sábado

São Paulo 2x3 Botafogo - Morumbi

2ª final 04/03/1998 - Quarta-feira

Botafogo 2x2 São Paulo

Local: Maracanã (Rio de Janeiro - 21:40 hrs);

Juiz: Oscar Roberto de Godói (SP); Público: 56.334 espectadores;

Gols: Jéferson e Zé Carlos (Botafogo), Adriano e Dodô (São Paulo)

Cartões Amarelos: Zé Carlos (BOT), Denílson, Carlos Miguel

Botafogo: Wágner, Wilson Goiano, Jorge Luís, Gonçalves e Jéferson; Pingo, França (Zé Carlos), Djair e Sérgio Manoel (Alemão); Bebeto e Túlio.
Técnico: Gílson Nunes.

São Paulo: Rogério Ceni, Zé Carlos, Capitão, Márcio Santos e Serginho; Sidney, Carlos Miguel, Fabiano (França) e Adriano (Gallo); Dodô e Denílson.

Técnico: Nelsinho Baptista.

1997 - Botafogo Bi-Campeão Carioca



Campeonato Carioca de Futebol de 1997
.

O Campeonato Carioca de 1997, vencido pelo Botafogo F.R., teve 3 turnos antes da fase final, cujos vencedores foram: Taça Guanabara (1º Turno): Botafogo; Taça Rio (2º Turno): Botafogo; 3º Turno: Vasco. Por ter vencido 2 dos 3 turnos, o Botafogo entrou com 5 pontos na fase final (melhor de 7 pontos). No primeiro jogo, o Vasco venceu por 1x0; Mas no segundo jogo o Botafogo liquidou a fatura vencendo por 1x0 (gol de Dimba).

DECISÃO DO ESTADUAL
BOTAFOGO 1 x 0 VASCO

Data – 08 / 07 / 1997

Local – Maracanã (público - 16.854)

Árbitro – Sidrack Marinho

Gol – 1° tempo: 0 a 0; Final: Botafogo 1 a 0, Dimba

Botafogo – Wagner, Wilson Goiano, Jorge Luiz, Gonçalves e Jefferson; Marcelinho Paulista, Pingo, Djair e Aílton (Marcelo Alves); Bentinho e Dimba (Róbson). Técnico: Joel Santana.

Vasco – Caetano, Pimentel, Moisés, Alex e Felipe; Luisinho, Fabrício, Juninho (Luiz Cláudio) e Ramon (Brener); Pedrinho e Edmundo. Técnico: Antônio Lopes.

1997 - Botafogo Campeão da Taça Rio

A competição valeu pela 2ª Fase do Campeonato Estadual. O Botafogo foi campeão invicto da Taça Rio.

Campanha do Botafogo
Botafogo 1-0 Americano
Botafogo 2-2 Flamengo
Botafogo 2-1 Volta Redonda
Botafogo 0-0 Madureira
Botafogo 2-1 Bangu
Botafogo 1-0 Vasco da Gama
Botafogo 0-0 Fluminense

Fonte: Esporte Rio

1997 - Botafogo Campeão da Taça Guanabara


Mesmo tendo ganho todos os jogos da 1ª Fase, o Botafogo foi obrigado a decidir a Taça Guanabara com o Vasco da Gama. Venceu o 12º jogo seguido e ficou com o título. A Taça Guanabara valeu pela 1ª Fase do Campeonato Estadual.

Campanha do Campeão
1ª Fase: Botafogo 1-0 Madureira
Botafogo 2-1 Olaria
Botafogo 6-2 Barreira
Botafogo 4-1 Fluminense
Botafogo 5-0 Bangu
Botafogo 4-2 Itaperuna
Botafogo 1-0 Volta Redonda
Botafogo 1-0 Americano
Botafogo 2-1 Vasco da Gama
Botafogo 2-1 América
Botafogo 1-0 Flamengo

Final: Botafogo 1x0 Vasco

Data – 30 de março de 1997

Local – Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro – Carlos Elias Pimentel

Renda – R$ 912.915,00

Público – 88.404

Competição – Camp. Carioca (decisão da Taça Guanabara)

Gol – Gonçalves, aos 32 minutos do 2° tempo

Botafogo – Wagner, Wilson Goiano, Jorge Luiz, Gonçalves e Jefferson; Marcelinho Paulista, Pingo, Djair e Aílton; Bentinho, Sorato (Dimba). Técnico: Joel Santana.

Vasco – Carlos Germano, Pimentel, Tinho, João Luís e Felipe; Luisinho (Pedrinho), Fabrício, Juninho e Ramon; Almir (Mauricinho) e Edmundo. Técnico: Antônio Lopes.

1997 - Reservas do Botafogo eliminam o Flamengo de Sávio e Romário






Noite inesquecível para os alvinegros

A noite do dia 26 de março de 1997 foi especial para os alvinegros. Com um time inteiros de reservas, o Botafogo venceu o Flamengo, com sua força máxima, por 1 a 0, gol de Renato. O jogo foi válido pela Taça Guanabara, cujo título foi conquistado pelo Glorioso com 12 vitórias em 12 jogos.
Na vitória dos reservas sobre o Flamengo, até o técnico não era titular. Joel Santana acompanhou das cabines seu auxiliar, Valinhos, à beira do campo. O Rubro-negro, dirigido por Júnior, precisava apenas do empate para chegar à decisão contra o próprio Botafogo. O outro interessado no jogo era o Vasco, que deveria torcer pelo Alvinegro para ficar com a vaga na final. Em São Januário, porém, ninguém acreditava nisso. Joel foi alvo de críticas por escalar um time reserva. E os jogadores vascaínos ganharam folga.

Fonte: Jornal Extra

terça-feira, 27 de outubro de 2009

1996 - Botafogo Campeão Carioca (Invicto)




A Taça Cidade Maravilhosa foi uma competição de futebol realizada entre times do Rio de Janeiro em 1996. Foi vencida pelo Botafogo, ao bater o Madureira por 3x0 com duas rodadas de antecipação devido a uma rodada adiada por conta de partidas na Libertadores. O Botafogo F.R. recebeu dois troféus - o da FERJ e o da Prefeitura do Rio.

Campanha do Título Invicto
Botafogo 3-1 America
Botafogo 2-0 Fluminense
Botafogo 2-0 Olaria
Botafogo 3-0 Madureira
Botafogo 5-3 Vasco
Botafogo 4-0 Bangu
Botafogo 2-2 Flamengo

Artilheiro: Túlio Maravilha (10 gols)

1996 - Botafogo Campeão do Torneio Presidente da Rússia

O III Torneio Presidente da Rússia ou President of Alaniya International Cup foi um torneio amistoso de futebol realizado na cidade de Vladikavkaz, na Rússia, em 1996.

Participantes
Botafogo/BRA
Alania Vladikavkaz/RUS
Auxerre/FRA
Valência/ESP

Campanha do Botafogo: Semifinal: 3 de Agosto de 1996 Auxerre/FRA 1 – 3 Botafogo - gols: Marcelo Alves, Túlio[2] (Botafogo); Marle (Auxerre)

Botafogo: Wagner, Wilson Goiano, Gottardo, Grotto, Souza, Jefferson, Tulio, Otacílio(França.60), Sorato (Zé Carlos.71), Marcelo Alves(Muller.75), Bentinho.

Auxerre: Charbonnier, Danjou, Goma, Silvestre, Zelic, Henna, Tasfaout(Laslandes.80), Lamouchi, Deniaud (Marle.46), Sibierski (Lachuer.67),Diomede.

Final: 4 de Agosto de 1996 Botafogo 1x1 Valência/ESP - gols: Túlio (Botafogo); Mendieta (Valência) - nas penalidades 5x4 para o Botafogo

Botafogo: Wagner, Wilson Goiano (Muller.46), Gottardo, Grotto, Souza, Jefferson,Tulio, Otacílio, Sorato (França.33), Marcelo Alves (Marcos Aurélio.63),Bentinho.

Valencia: Bartual, Navarro, Engonga, Campo, Mendieta, Saens, Suarez(Romero.46), Hurtado, Poyatos, Angulo (Fernando.88), Viola (Karpin.63).

1996 - Botafogo Campeão do Troféu Tereza Herrera/ESP

O Troféu Teresa Herrera é um torneio de futebol de caráter amistoso que, desde 1946, é realizado na cidade de Corunha, na Espanha. É um dos torneios mais populares do mundo, devido a grandiosidade dos clubes que o disputam. Os jogos são disputados no Estádio Riazor durante dois dias, normalmente da segunda quinzena do mês de agosto. O Deportivo La Coruña é o clube mandante dos jogos, sempre participando da edições do torneio.

Em seu regulamento, torneio é disputado por quatro equipes. São divididos em duas chaves de dois, formando duas semi-finais. Os vencedores disputam a final.

Em 1996 o Botafogo decidiu o Título contra o Juventus/ITA, O fato inusitado da decisão foi que após um sorteio, o Botafogo teve que jogar com a camisa do La Coruña para não confundir com a camisa do também alvinegro Juventus. Nenhum dos dois times tinham uniformes reservas e o Botafogo perdeu o sorteio. no tempo normal o placar foi 4x4, sendo assim a decisão foi nos penâltis, o Botafogo conquistou o Título, depois de derrotar o Juventus/ITA por 3x0 nas disputas de penâltis

time base do Botafogo FR: Wagner; W. Goiano, Gottardo, Grotto, Jefferson, Souza, Otalicio, M. Alves (M. Aurelio), França (Ze Carlos), Tulio, Sorato (Mauricinho).

time base do Juventus: Peruzzi; Moreno Torricelli, Ferrara, Paolo Montero, Sergio Porrini, Deschamps, V.Jugovic, Di Livio, Amoruso, Del Piero, Vieri.

1995 - Botafogo Campeão Brasileiro



O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1995 foi vencido pelo Botafogo, que conquistou seu primeiro título nacional desde a conquista da Taça Brasil, em 1968. O confronto final, entre Botafogo e Santos, reviveu os grandes duelos da Taça Brasil e do Torneio Rio-São Paulo dos anos 1960, quando esses clubes contavam com supercraques como Pelé e Garrincha, e formavam a base da Seleção Brasileira. o Santos de Giovanni e cia. era o favorito ao Título, mas o Botafogo do atacante Túlio Maravilha foi o Campeão em pleno Pacaembú.

95 mais um ano de alegria, a tua estrela brilha é gol de Túlio Maravilha

A Decisão: Ficha do 1º Jogo

14 de Dezembro de 1995 Botafogo 2x1 Santos

Botafogo: Wágner; Wilson Goiano, Wilson Gottardo, Gonçalves e André Silva(Iranildo); Jamir, Leandro, Beto e Sérgio Manoel; Donizete Pantera (Moisés) e Túlio. Técnico:Paulo Autuori.

Santos: Edinho; Vágner, Narciso, Marquinhos Capixaba e Marcos Paulo; Gallo, Carlinhos e Marcelo Passos; Giovanni, Jamelli (Macedo) e Robert (Camanducaia). Técnico: Cabralzinho.

Gols: Wilson Gottardo e Túlio (Botafogo); Giovanni (Santos)
Maracanã (Rio de Janeiro)
Público: 53.668
Árbitro:Sidrack Marinho dos Santos

Ficha do 2º Jogo
17 de Dezembro de 1995 Santos 1x1 Botafogo

Santos: Edinho; Marquinhos Capixaba, Ronaldo, Narciso e Marcos Adriano; Carlinhos, Marcelo Passos e Robert (Macedo); Jamelli, Giovanni e Camanducaia.
Técnico: Cabralzinho.

Botafogo: Wágner; Wilson Goiano, Gottardo, Gonçalves e André Silva (Moisés); Leandro, Jamir, Beto e Sérgio Manoel; Donizete Pantera e Túlio.
Técnico: Paulo Autuori.

Gols: Túlio (Botafogo); Marcelo Passos (Santos)
Pacaembu (São Paulo)
Público: 28.488
Árbitro:Márcio Rezende de Freitas

1994 - Botafogo Campeão do Torneio Internacional Triangular Eduardo Paes

O Torneio Internacional Triangular Eduardo Paes foi um torneio de caráter amistoso, realizado no Rio de Janeiro, no ano de 1994, contando com três participantes.

Campanha do Botafogo
31 de Julho de 1994 Botafogo 1 – 0 Barra da Tijuca Maracanã - gol marcado por Clei

2 de Agosto de 1994 Botafogo 1 – 0 União da Madeira Maracanã - gol marcado por Batata

1993 - Botafogo Campeão da Copa Conmebol


Em 1993 o Botafogo conquistou seu 1º título internacional oficial, em um jogo eletrizante no Maracanã contra o Peñarol/URU, depois de estar vencendo o jogo por 2x1, resultado que daria o Título ao Glorioso, no finzinho do jogo o Peñarol conseguiu o empate, como no primeiro jogo o resultado foi 1x1 no Uruguai, o resultado de 2x2 no Maracanã levou a decisão para os penâltis. marcaram para o Botafogo Sinval e Eliel e os gols do Peñarol foram marcados por Perdomo e Otero.
Na decisão nos penâltis o Botafogo conseguiu o Título, vencendo por 3x1 (marcaram: Suélio, Perivaldo e André (BOT); Da Silva (PEN))

campanha do Botafogo
Primeira fase:

Botafogo 3 x 1 Bragantino
Bragantino 2 x 3 Botafogo


Quartas de final:

Caracas (VEN) 0 x 1 Botafogo
Botafogo 3 x 0 Caracas (VEN)


Semifinal:

Atlético-MG 3 x 1 Botafogo
Botafogo 3 x 0 Atlético-MG


Final:

Penãrol 1 x 1 Botafogo
Botafogo 2x2 Penãrol

fonte: blog movimento Carlito Rocha

1990 - Botafogo Bi-Campeão Carioca



A volta olímpica da caravela

Um dos episódios mais marcantes deste campeonato ocorreu na final no campeonato, quando Botafogo e Vasco fizeram a decisão, saindo o Botafogo vitorioso e conquistando o título. Porém, na ótica dos vascaínos deveria ser disputada uma prorrogação devido a uma interpretação duvidosa do regulamento.

Dizia o regulamento que a final seria disputada entre os campeões da Taça Guanabara (no caso o Vasco) e da Taça Rio (no caso o Fluminense). Porém caso um terceiro time somasse mais pontos ao final dos 2 turnos, este seria considerado "bye" (no caso o Botafogo), aguardando o confronto entre os 2 primeiros. Nesta "semifinal" o Vasco derrotou o Fluminense por 1x0.

A polêmica se estabeleceu porque o Vasco considerou que por ter ganho este jogo ele ganharia 2 pontos que poderiam ser computados aos ganhos anteriores, e ao término do jogo contra o Botafogo, no qual saiu derrotado, ambos estariam empatados em pontos, o que forçaria uma prorrogação.

Após a comemoração dos jogadores do Botafogo, eles deixaram o gramado do Maracanã, se recusando a disputar a prorrogação. Com isso o Vasco considerou que o Botafogo abandonou o campo, se autoproclamando campeão. Como a taça havia sido levada pelos botafoguenses, os jogadores do Vasco pegaram uma caravela levada por algum torcedor da Geral e deram uma "volta olímpica".

Após o episódio, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro deu razão ao Botafogo, confirmando o título.

O Botafogo se sagrou Bicampeão Estadual em 1990, após uma campanha quase invicta novamente (perdeu apenas 1 jogo para o América de Três Rios).

Esta foi a campanha do Campeão:

Botafogo 0x0 América – (Maracanã) e 0 x 0 (Caio Martins).

Botafogo 1x0 América (TR) – (Caio Martins) e 0 x 1 (Artur Ribas – Três Rios).

Botafogo 2x1 Americano – (Caio Martins) e 0 x 0 (Godofredo Cruz).

Botafogo 2x2 Bangu – (Caio Martins) e 0 x 0 (Proletário).

Botafogo 0x0 Cabofriense – (Alair Corrêa) e 5 x 3 (Caio Martins).

Botafogo 1x0 Campo Grande – (Caio Martins) e 2 x 0 (Ítalo del Cima).

Botafogo x Flamengo – 2 x 1 e 2 x 0 (ambos no Maracanã).

Botafogo x Fluminense – 2 x 0 e 0 x 0 (ambos no Maracanã).

Itaperuna – 0 x 0 (Jair Bittencourt) e 1 x 0 (Caio Martins).

Botafogo 1x0 Nova Cidade – (Ítalo del Cima) e 4 x 0 (Caio Martins).

Botafogo x Vasco – 1 x 1, 1 x 1 e 1 x 0 (todos no Maracanã).

Total de Jogos: 23; Vitórias: 12; Empates: 10; Derrota: 1; Gols Pró: 28; Contra: 10.

A final foi contra o C.R. Vasco da Gama no Maracanã: Botafogo 1x0 (gol de Carlos Alberto Dias)

BOTAFOGO 1 x 0 VASCO

Data: 29 / 07 / 1990

Local: Maracanã (Rio de Janeiro)

Público: 35.083

Árbitro: Cláudio Garcia

Gol: 1° tempo: 0 a 0; Final: Botafogo 1 a 0, Carlos Alberto Dias

Botafogo: Ricardo Cruz, Paulo Roberto, Wilson Gottardo, Gonçalves e Renato Martins; Carlos Alberto Santos, Luisinho e Djair (Gustavo); Donizete, Valdeir e Carlos Alberto Dias. Técnico: Joel Martins da Fonseca.

Vasco: Acácio, Luiz Carlos Winck, Célio Silva, Quiñonez e Mazinho; Zé do Carmo, Marco Antônio Boiadeiro e Bismarck; Tita, Sorato e William (Roberto Dinamite). Técnico: Alcir Pinto Portela.

1989 - Botafogo Campeão Carioca Invicto



O Jejum Já Durava 20 Anos mas...
Maúricio que jogou no Botafogo entre 1986 até 1989, e que tirou o Botafogo da fila que já durava 20 anos sem conquistar títulos, até que em 1989,MAÚRICIO tirou o Botafogo dessa situação desagradavel marcando o gol do Título Estadual em cima do nosso maior rival, o Flamengo, gol que até hoje alguns torcedores do Flamengo reclamam dizendo que Maúricio empurrou o Leonardo ex lateral do Flamengo
o jogo foi disputado no dia 21
caso o Botafogo não fosse o Campeão o jejum passaria á ser de 21 anos sem Títulos
o gol foi marcado aos 12 minutos do 2º tempo que significa 21 ao contrário
a bola foi cruzada por Mazolinhz N° 14 e chutada por Maúricio Nº7 somando dá 21
a temperatura marcava 21° graus no placar do Estádio do Maracanã

"89 FOI O COMEÇO DE UMA ERA ACABANDO COM A ESPERA É MAÚRICÍO PRA GALERA"

FICHA COMPLETA DA FINAL (2º JOGO)
Dia 21 de junho de 1989
Estádio Mário Filho (Maracanã)
Botafogo 1 x 0 Flamengo
Gol de Maurício, aos 21 minutos do 2º tempo.
Juiz: Walter Senra.
Renda: NCz$ 302.592,00 (Trezentos e Dois Mil,Quinhentos e Noventa e Dois Cruzados Novos)
Público: 56.412 pagantes (68.671 presentes).
BOTAFOGO: Ricardo Cruz, Josimar, Wilson Gotardo, Mauro Galvão e Marquinhos. Vítor, Carlos Alberto Santos e Luisinho; Maurício, Paulinho Criciúma e Gustavo (Mazolinha).
Técnico: Valdir Espinosa.
FLAMENGO: Zé Carlos, Jorginho, Aldair, Zé Carlos Nascimento e Leonardo. Aílton, Renato e Zico (Marquinhos); Alcindo (Sérgio Araújo), Bebeto e Zinho.
Técnico: Telê Santana.