sábado, 16 de janeiro de 2010

Recordes e Hegemonias do Botafogo de Futebol e Regatas


  • Eleito pela Fifa, 12° maior Clube da História do Futebol
  • Eleito pela Fifa, 5° maior Clube das Américas
  • Eleito pela Fifa, um clube do século
  • Clube que mais cedeu jogadores à seleção brasileira em copas: 46 jogadores
  • Clube que mais cedeu jogadores à seleção brasileira em sua história
  • Deu 3 copas do mundo para o Brasil
  • Único tetra-campeão carioca
  • Clube carioca com mais títulos RIO-São Paulo
  • Clube carioca que mais jogou partidas internacionais
  • Primeiro clube carioca campeão nacional
  • Primeiro grande clube brasileiro a conquistar um título em 1906
  • Clube que mais teve artilheiro no campeonato carioca
  • Um dos 3 clubes brasileiros com mais de 100 títulos no futebol
  • Único clube no Brasil campeão nos três séculos, XIX, XX e XXI
  • Recorde de invencibilidades no futebol brasileiro: 52 partidas invicto
  • Recorde de invencibilidade no campeonato brasileiro: 42 jogos invicto
  • Único clube no mundo que em uma temporada (1 ano) ganhou 120 títulos
  • Entre os grandes clubes, é o mais antigo, BOTAFOGO desde 1894
  • Primeiro clube brasileiro a ganhar de uma equipe estrangeira
  • Primeiro clube brasileiro a ganhar de uma seleção
  • Primeiro clube brasileiro a ganhar de uma seleção estadual (vitória sobre a seleção paulista em 1906)
  • Clube brasileiro que deu a maior goleada no futebol brasileiro: 24 a 0 sobre o Mangueira.
  • Na seleção da Fifa dos maiores jogadores de todos os tempos, BOTAFOGO é o clube que mais tem jogadores selecionados
  • Clube que mais revelou craques no mundo
  • Dos 5 jogadores brasileiros que estao no Hall da Fama da FIFA, três são do BOTAFOGO: Nilton Santos, Garrincha e Didi

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Botafogo, 1º campeão invicto no estádio Mário Filho (Maracanã)

Em 1989, o Botafogo se tornava o primeiro Time a ser Campeão Invicto dentro do Maracanã, com o Título Estadual o Botafogo dava fim a um período de 21 anos sem títulos ao bater, após um 0 a 0 no primeiro jogo, o Flamengo na final do Campeonato Carioca; Maurício fez o único gol do jogo.

campanha do Título Estadual Invicto de 1989.
1º TURNO - TAÇA GUANABARA
12/Fev América 0-1 Botafogo
19/Fev Botafogo 3-0 Nova Cidade
26/Fev Botafogo 1-1 Flamengo
04/Mar Botafogo 1-1 Volta Redonda
12/Mar Botafogo 0-0 Vasco
20/Mar Olaria 1-3 Botafogo
02/Abr Botafogo 2-0 Americano
16/Abr Fluminense 0-0 Botafogo
22/Abr Bangu 0-2 Botafogo

2º TURNO - TAÇA RIO DE JANEIRO
30/Abr Nova Cidade 0-2 Botafogo
03/Mai Botafogo 1-0 América
07/Mai Flamengo 3-3 Botafogo
14/Mai Vasco 1-1 Botafogo
17/Mai Volta Redonda 1-2 Botafogo
21/Mai Botafogo 2-2 Fluminense
27/Mai Botafogo 2-0 Cabofriense
31/Mai Botafogo 2-1 Porto Alegre
04/Jun Americano 0-1 Botafogo
07/Jun Botafogo 1-0 Olaria
10/Jun Botafogo 0-0 Bangu

FINAIS *
Flamengo 0 x 0 Botafogo
Botafogo 1 x 0 Flamengo

*Por ter a melhor campanha, o Botafogo ganhou um ponto extra para as finais

CLASSIFICAÇÃO FINAL
1. Botafogo 36
2. Flamengo 35
3. Vasco 32
4. Fluminense 2
5. Americano 23
6. Porto Alegre 22
7. Bangu 20
8. Nova Cidade 16
9. América 15
10. Cabofriense 15
11. Volta Redonda 14 (rebaixado)
12. Olaria 9 (rebaixado)

Fonte: Blog 21 depois de 21

Botafogo, 1º Clube Brasileiro a ganhar de uma Seleção estadual

No dia 04/08/1906 o Botafogo conquistava a sua primeira taça no Futebol o Troféu Bronze Elihu Root ao vencer a Seleção Paulista pelo placar de 2x1.

Ficha Completa do jogo:
BOTAFOGO 2x1 SELEÇÃO PAULISTA
Local: Velódromo (SP)
Árbitro: Raphael Sampaio (da Associação Athletica Palmeiras)
Competição: Amistoso
Gols: Vevé (1° tempo); Flávio Ramos e Ataliba Sampaio (2° tempo)
Botafogo: Álvaro Werneck, João Leal e Octávio Werneck; Macedo Soares, C. Calvert e C. Mutzenbecher; Normann Hime, Flávio Ramos, Ataliba Sampaio, Gilbert Hime e Armindo Motta
Seleção Paulista: J. Miranda, Pinto e W. Jeffery; Stwart, Maneco e Pyles; A. Ruffim, Gonçalves (Vevé), B. Cerqueira, O. Andrade e H. Ruffim

Fonte: Mundo Botafogo / Estrela Solitária

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Botafogo, 1º Clube Carioca Campeão Nacional no Futebol

Botafogo Campeão do Brasil de 1968
Em 1968 o Botafogo conquistou a Taça Brasil (antigo Campeonato Brasileiro) e se tornou o primeiro clube carioca a conquistar um Título Nacional no Futebol.

Botafogo FR 4x0 Fortaleza EC
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (GB)
Renda: Cr$ 34.006,75
Público: 13.588
Arbitro: Gualter Portela Filho
Gols: Roberto 10', Ferretti 53' e 83' e Afonsinho 65'
BFR: Cao, Moreira, Chiquinho Pastor (Leônidas), Moisés, Valtencir; Carlos Roberto (Nei Conceição), Afonsinho; Rogério, Roberto, Ferretti e Paulo César.
Técnico: Zagallo
FEC: Mundinho, William, Zé Paulo, Renato, Luciano Abreu; Joãozinho e Luciano Frota; Garrinchinha, Lucinho, Erandir (Amorim), Mimi.
Técnico: Gilvan Dias

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Botafogo, 1º grande clube brasileiro a conquistar um título em 1906

Taça Caxambu (1906)
A Taça Caxambu foi o primeiro torneio de futebol oficial do Rio de Janeiro a ser encerrado. Disputado em 1906 era uma espécie de Campeonato Carioca e Segundo-Quadros, disputado pelas segundas equipes dos Clubes. Teve como campeão o Botafogo, que obteve assim a honra de ter sido o primeiro clube carioca campeão no futebol.

Campanha do Botafogo:
Fluminense 5 - 2 Botafogo
Botafogo 1 - 0 Bangu
Botafogo 6 - 1 Rio Cricke
Botafogo 1 - 0 Football & Athletic
Bangu 1 - 2 Botafogo
Football & Athletic O - W Botafogo
Botafogo 3 - 1 Fluminense
Rio Cricket 0 - 3 Botafogo

Classificação:
1º Botafogo 14 pts
2º Fluminense 13 pts
3º Football and Athletic 8 pts
4º Bangu 5 pts
5º Rio Cricket 0 pts

Foto: Mundo Botafogo / Estrela Solitária

domingo, 10 de janeiro de 2010

Botafogo, Clube Carioca que mais disputou partidas Internacionais

Campeão da Copa Conmebol de 1993
O Botafogo de Futebol e Regatas é o Clube Carioca que mais jogou partidas internacionais, foram 497 jogos com 279 vitórias, 98 empates e 120 derrotas, o Botafogo marcou 1075 gols e levou 640 gols e conquistou 21 Títulos Internacionais.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Botafogo, 3º maior Campeão do Futebol Brasileiro

Campeão Brasileiro de 1995 o título mais importante da história do Clube
O Botafogo de Futebol e Regatas é o terceiro time com mais taças conquistadas no Futebol, atrás apenas de Flamengo que possui (183) troféus, Palmeiras (132) troféus e o Botafogo possui 118 troféus.

eis a lista de todas as taças conquistadas pelo Botafogo no Futebol:

Títulos Nacionais Oficiais
Taça Brasil: 1968
Campeonato Brasileiro: 1995

Títulos Nacionais Amistosos
Torneio Triangular de Porto Alegre: 1951
Torneio João Teixeira de Carvalho: 1958
Torneio Governador Magalhães Pinto: 1964
Torneio Quadrangular de Teresina: 1966
Torneio Independência do Brasil: 1974
Torneio Ministro Ney Braga: 1976
Torneio 23º Aniversário de Brasília: 1983
Torneio Rio - Brasília: 1996

Títulos Internacionais Oficial
Copa Conmebol: 1993

Títulos Internacionais Amistosos
Torneio Quadrangular do Rio de Janeiro: 1954
Torneio Internacional da Colômbia: 1960
Pentagonal do México: 1962
Torneio de Paris de Futebol: 1963
Torneio Íbero Americano de Buenos Aires (ARG): 1964
Torneio Jubileu de Ouro da Associação de Futebol de La Paz: 1964
Torneio Internacional do Suriname: 1964
Taça Círculo de Jornalistas de Periódicos Esportivos de Caracas: 1966
Troféu Carranza: 1967
Torneio Internacional de Caracas: 1967 - 1968 - 1970
Torneio Hexagonal do México: 1968
Torneio de Genebra: 1984
Torneio de Berna (Philips Cup): 1985
Torneio Pentagonal da Costa Rica: 1986
Torneio Cidade Palma de Mallorca: 1988
Torneio da Amizade: 1990
Torneio Internacional Eduardo Paes: 1994
Torneio Presidente da Rússia: 1996
Troféu Teresa Herrera 1996
Copa Nippon Ham: 1996
Copa Peregrino: 2008

Títulos Regionais Oficiais
04 Torneios Rio - São Paulo: 1962 - 1964 - 1966 - 1998

Títulos Regionais Amistosos
01 Taça dos Campeões Estaduais: 1931

Títulos Estadual Oficiais
18 Campeonatos Cariocas: 1907 - 1910 - 1912 - 1930 - 1932 - 1933 - 1934 - 1935 - 1948 - 1957 - 1961 - 1962 - 1967 - 1968 - 1989 - 1990 - 1997 - 2006
05 Taças Guanabara: 1967 - 1968 - 1997 - 2006 - 2009
04 Taças Rio de Janeiro: 1989 - 1997 - 2007 - 2008
01 Taça Cidade Maravilhosa: 1951 - 1996
01 Taça Augusto Pereira da Motta: 1975
01 Taça José Wânder Rodrigues Mendes: 1976
08 Torneios Início do Rio de Janeiro: 1934 - 1938 - 1947 - 1961 - 1962 - 1963 - 1967 - 1977

Títulos Estadual Amistosos
01 Torneio da Capital da Copa Rio Estadual: 1995

Troféus conquistados em partida única
Troféu Bronze Elihu Root : 1906
Troféu Interestadual: 1910
Copa Oscar Machado: 1914
Taça Gargeol: 1916
Taça Ypiranga: 1917
Troféu Federação Brasileira de Remo: 1917
Taça Inauguração do Estádio: 1919
Taça Liga Baiana: 1919
Taça Gargeol (2º lugar no Campeonato Carioca): 1919
Taça Centro Mineiro: 1919
Taça Alfredo Eubanck: 1920
Taça D. Cinira de Oliveira: 1924
Taça Miguel de Pino Machado: 1925
Taça Estádio Parque Antarctica: 1929
Taça Volantes Portugueses: 1935
Copa Burgos: 1941
Taça Cidade de La Paz: 1948
Taça Popularidade: 1952
Taça Governador Irineu Bornhausen: 1952
Copa Caritas de Futebol: 1955
Copa Hoteles Astoria: 1958
Copa Embaixador do Brasil: 1958
Troféu Cidade de Saquarema: 1958
Troféu Capitão Válter Paiva: 1961
Troféu Alonso Hijos: 1962
Troféu Inauguração do Mineirão: 1965
Taça Dr. Julio Bustamante: 1968
Taça Oldemario Ramos: 1968
Troféu Alcaide Dr. José M. Rodríguez Arnaiz: 1970
Troféu Ramón de Carranza (Pequena Réplica pelo 3° lugar): 1972
Troféu Alberto Peres: 1976
Troféu Governador de Rondônia: 1985
Troféu Tadeu Gilbert: 1985
Troféu Governador José Aparecido: 1986
Troféu Centenário do Campeonato Carioca: 2006
Troféu João Havelange: 2007

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Botafogo, Clube Carioca mais vezes Campeão do Torneio Rio-São Paulo

Wilson Goiano com a Taça de Tetra-Campeão em 1998
O Torneio Rio-São Paulo de 1998 constituiu o quarto título do Botafogo nesta disputa interestadual, tornando-se o clube carioca com mais conquistas nesta competição.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Botafogo, único Tetra-Campeão Carioca

Tetra-Campeão Carioca em 1935
O Campeonato Carioca de Futebol de 1935 foi disputado em duas ligas. O organizado pela FMD (Federação Metropolitana de Desportos) foi vencido pelo Botafogo O da LCF (Liga Carioca de Futebol) pelo América/RJ.

Neste ano o Botafogo conquistou o tetracampeonato, único clube tetracampeão de campeonatos do Rio de Janeiro e o primeiro campeonato profissional, já que os da LCF não eram reconhecidos perante a CBD, atual CBF.

O JOGO DO TÍTULO:

BOTAFOGO 5 x 4 ANDARAHY

Data: 26 / 01 / 1936

Local: São Januário (Rio de Janeiro)

Árbitro: Loris Cordovil

Gols: Álvaro (2), Patesko, Carvalho Leite e Russinho p/o Botafogo; Mineiro (2), Chagas e Bianco p/o Andarahy

Botafogo: Alberto, Octacílio e Nariz; Affonso (Luciano), Martim e Canalli; Álvaro, Leônidas da Silva (Eurico Viveiros), Carvalho Leite, Russinho e Patesko.

Andarahy: Diógenes, Baiano (Gomes) e Cazuza; Bethuel, Baby e Venerotti; Chagas, Astor, Romualdo, Bianco e Mineiro.

BOTAFOGO, TETRACAMPEÃO DO RIO DE JANEIRO (1932-1933-1934-1935).

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Botafogo, detentor da maior goleada em finais do Campeonato Carioca

dia 22 de dezembro de 1957, ali mesmo no gramado mais famoso do mundo: o dia em que o Botafogo de Saldanha, do João Sem Medo, massacrou o Fluminense por incríveis 6 a 2 na grande final do Campeonato Carioca.

Claro, com a cumplicidade - e que cumplidade - de Mané Garrincha, de Didi, de Nilton Santos, de Quarentinha, mas sobretudo do ungido pelos deuses, Paulinho Valentim, que dos seis marcou nada mais nada menos do que cinco gols, um deles de bicicleta, deixando para Mané o complemento do placar da maior e até hoje jamais igualada goleada numa final de campeonato no templo do futebol.

Favorito da midia da época, o Fluminense do técnico Silvio Pirillo, que tinha um time mais compacto, uma campanha mais regular, entrou em campo com a vantagem do empate e com um ar de quem acreditava mesmo na sua "superioridade". Falava-se também que outro fator a favor do time das Laranjeiras estava justamente no comando: afinal Saldanha não era ainda reconhecido como técnico, mas apenas como um cartola que havia decidido fazer uma aventura, coisa que, diziam, só seria possível mesmo num clube dado a transgressões das formulas estabelecidas, a atos de rebeldia, até mesmo de "molecagens", como foi, é e será sempre o Botafogo.

Ironizavam as superstições de Carlito Rocha, como a que ele profetizou a conquista do título, quinze dias antes, após uma sofrida vitória de 2 a 1, no fim da partida contra o América, com dois gols do mesmo Paulinho. "Há 15 dias estávamos afastados do título, mas uma série de resultados negativos de outros clubes, nos trouxe de volta ao páreo. É notória a preferência de Deus pelo Botafogo", disse Carlito.

Esses erros de avaliação seriam fatais ao tricolor. E não houve nem tempo para o time de Castilho, Pinheiro, Telê, Valdo e Escurinho, perceber o que iria acontecer naqueles históricos 90 minutos; um show de dribles, jogadas e gols, iniciado logo aos três minutos, num genial lançamento de Didi para Paulinho, que matou a bola no peito, virou e colocou no canto. E assim foi no segundo, quando após uma série de dribles de Mané, ele tocou a bola para Paulinho entrar com ela dentro do gol do estupefato Castilho, aos 30 minutos. O terceiro, então, foi de arrepiar: Didi deu vários dribles nos tricolores, descobriu Mané na esquerda, em vez de estar na direita, passou-lhe a bola: Garrincha driblou o lateral direito Cacá, deixando-o batido, e chutou; Pinheiro deu rebote, a bola volta a Didi que toca agora para Nilton Santos, que faz um cruzamento perfeito pelo alto para Paulinho dar uma linda bicicleta ao estilo Leônidas Silva, aos 42 minutos. O Maracanã veio abaixo, a torcida alvinegra em euforia e êxtase, a tricolor sem querer acreditar que aquilo fosse verdade. Intervalo, Botafogo 3, Fluminense 0.

Nem o gol tricolor, marcado por Escurinho, que poderia ser uma esperança de reação, logo no inicio do segundo tempo abalou o Botafogo. A resposta veio fulminante e novamente com Paulinho Valentim, recebendo de Didi, dribando Pinheiro e fuzilando Castilho, aos 9 minutos. Aos 15 foi a vez de Mané marcar o seu, recebendo o lançamento de Pampolini, driblando Pinheiro duas vezes antes de estufar a rede tricolor. E Mané queria mais: depois de uma série de dribles desconcertantes em Clóvis e em seu marcador, Altair, cruzou para Paulinho marcar o seu quinto gol no jogo e o sexto do Botafogo, que nem sentiu ou viu Valdo diminuir a goleada para 6 a 2.

Era o primeiro título do Glorioso no Maracanã, inaugurado há sete anos, o primeiro e único de João Alves Jobim Saldanha, como técnico, o primeiro de Mané Garrincha pelo Botafogo. O prenúncio de uma nova era - e que era - que se abria para o futebol brasileiro, que viria a se confirmar no ano seguinte, na Suécia foi repisado no Chile em 1962, consagrado no México em 1970, nos Estados Unidos em 94 e na Coréia/Japão em 2002, o Brasil cinco vezes campeão mundial.

Mas nunca se pode esquecer que tudo começou ali, naquele 22 de dezembro de 1957, no Botafogo 6 x 2 Fluminense, com o show do time de Saldanha, emoldurado pelos dribles geniais de Mané e os cinco gols de Paulinho Valentim. .

Botafogo 6 x 2 Fluminense

Botafogo - Adalberto, Beto, Thomé, Servilio , Nilton Santos; Pampolini, Garrincha, Didi, Edson, Paulinho Valentim e Quarentinha. Técnico: João Saldanha
Fluminense - Castilho, Cacá, Pinheiro, Jair, Clóvis, Altair, Telê Santana, Robson, Valdo, Jair Francisco e Escurinho. Técnico: Silvio Pirillo
Gols: Paulinho Valentim (5), Garrincha, Escurinho e Valdo
Árbitro: Alberto da Gama Malcher

Por José Antonio Gerheim

Botafogo, Time com maior número de Artilheiros no Campeonato Carioca

Quarentinha artilheiro do Estadual 3 vezes seguidas (58/59/60)
O Botafogo possui o maior número de artilheiros no Campeonato Carioca, no total o Botafogo por 31 vezes teve um jogador que se tornou artilheiro da Competição, os recordistas do Botafogo são os atacantes Quarentinha (1958/1959/1960) e o atacante Carvalho Leite (1936/1938/1939)
eis a lista com todos os artilheiros do Botafogo no Campeonato Carioca:
1907 Flávio Ramos (Bota) Gols 6
1909 Flávio Ramos (Bota) Gols: 16
1910 Abelardo Delamare (Bota) Gols:22
1912 Mimi Sodré (Bota) Gols: 12
1913 Mimi Sodré (Bota) Gols: 13
1916 Aluízio (Bota) Gols: 12
1917 Luís Menezes (Bota) Gols: 16
1918 Luís Menezes (Bota) Gols: 21
1920 Arlindo (Bota) Gols: 17
1927 Nilo (Bota) Gols: 30
1933 Nilo (Bota) Gols: 19
1936 Carvalho Leite (Bota) Gols: 15
1938 Carvalho Leite (Bota) Gols: 16
1939 Carvalho Leite (Bota) Gols: 22
1942 Heleno (Bota) Gols: 28
1948 Otávio (Bota) Gols: 21
1954 Dino da Costa (Bota) Gols: 24
1957 Paulinho Valentim (Bota) Gols: 22
1958 Quarentinha (Bota) Gols: 20
1959 Quarentinha (Bota) Gols: 25
1960 Quarentinha (Bota) Gols: 25
1961 Amarildo (Bota) Gols: 18
1968 Roberto (Bota) Gols: 13
1971 Paulo César (Bota) Gols: 11
1984 Baltazar (Bota) Gols: 12
1994 Túlio (Bota) Gols: 14
1995 Túlio (Bota) Gols: 27
2006 Dodô (Bota) Gols: 9
2007 Dodô (Bota) Gols: 13
2008 Wellington Paulista (Bota) Gols: 14
2009 Maicosuel (Bota) Gols: 12

Botafogo de Futebol e Regatas, 12º maior Clube do Século XX

Porque o Botafogo é o 12º Maior Clube do Século XX?
Muitos Torcedores de outros clubes, questionam a FIFA por eleger o Botafogo como o 12º Maior Clube do Século XX, muitos dizem que o Botafogo por não ter conquistado a Libertadores e o Mundial Interclubes, não merecia estar no ranking dos 18 maiores clubes do Mundo no Século XX. abaixo você verá a explicação da FIFA e o porque elegeu o Botafogo como o 12º do Século XX.

O Botafogo de Futebol e Regatas, outro clube da cidade do Rio de Janeiro, Brasil, foi fundado sob o nome Botafogo Football Club. O clube é indiretamente o responsável por muitos títulos da Seleção Brasileira de Futebol, pois é o recordista de convocações para a mesma. Atuaram pelo Brasil 92 jogadores botafoguenses. Em Copas do Mundo, foram 46 convocações fazendo do Brasil a maior potência do futebol mundial, devido a sua grande contribuição. Seus mais marcantes ídolos foram Garrincha, Nilton Santos, Jairzinho, Didi, Amarildo, entre outros. Teve grandes momentos nas décadas de 1930 e 1960 principalmente. Seus principais títulos no século XX são 1 Taça Brasil, 1 Brasileiro, 1 Conmebol, 4 Torneios Rio-São Paulo e 17 Títulos Estaduais. Estabeleceu o recorde de invencibilidade do futebol brasileiro, quando ficou 52 partidas sem derrotas, marca que posteriormente o Flamengo igualou . Foi o responsável pela maior goleada do futebol brasileiro em 1909, ao aplicar 24 a 0 sobre o Sport Club Mangueira.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Os_Clubes_do_S%C3%A9culo_FIFA

domingo, 3 de janeiro de 2010

Botafogo, O 5º maior das Américas

Em 11 de dezembro de 2000 a FIFA divulgou uma lista oficial na qual constava os maiores clubes de Futebol do Século XX. A pesquisa foi feita exclusivamente por treinadores e capitães das principais seleções do mundo, além de leitores da revista bimestral da FIFA em Dezembro de 2000. dos 7 clubes da América que constam na lista, O Botafogo de Futebol e Regatas foi eleito o 5º Maior Clube das Américas.
1.Santos (BRA)
2.Peñarol (URU)
3.Flamengo (BRA)
4.River Plate (ARG)
5.Botafogo (BRA)
6.Independiente (ARG)
7.Boca Juniors (ARG)

Botafogo, único time Brasileiro com 3 jogadores selecionados no Hall da Fama da FIFA

Dos 5 jogadores Brasileiros que estão no Hall da Fama da FIFA, 3 são do Botafogo: Nilton Santos, Garrincha e Didi.

Botafogo, Clube com mais jogadores selecionados na Seleção da FIFA

O Botafogo de Futebol e Regatas é o único Time do mundo a ter 3 jogadores selecionados na Seleção de todos os tempos da FIFA, os 3 jogadores selecionados do Botafogo são: Didi, Garrincha e Nilton Santos.

Botafogo, Clube que mais cedeu jogadores pra Seleção Brasileira em Copas do Mundo

Em 1962, 5 jogadores do Botafogo no time titular da Seleção Bi-Campeã do Mundo, são eles: Nilton Santos, Garrincha, Didi, Amarildo e Zagallo
O Botafogo é o clube que mais cedeu jogadores para as Seleções Brasileiras em disputas de Copas do Mundo: no Total foram 46 convocações

Botafogo, Clube que mais cedeu jogadores à seleção brasileira em sua história

O Botafogo é o clube de futebol que mais cedeu, até 2007, jogadores para a Seleção Brasileira na história. No total, 130 foram convocados, sendo que 92 entraram em campo, 33 foram chamados para a Seleção Sub-23 e outros foram convocados, mas não chegaram a jogar. Obs: Em 2007 dois jogadores do Botafogo foram convocados para a Seleção Brasileira Pan-Americana de Futebol (competição no Rio de Janeiro). São eles , Fellipe e Júnior (jogadores das categorias de base do clube).

Botafogo, o único Campeão da terra, mar e ar

Time do Botafogo Campeão Carioca de Futebol em 1962
O Fogão é o único clube campeão de terra, mar e ar em um mesmo ano. Venceu, entre outras competições, os estaduais de futebol, remo e aeromodelismo em 1962, Em 1962 o Botafogo se tornou o único Clube do Mundo que ganhou 120 títulos em uma temporada, distribuídos em 80 títulos de campeão e 40 títulos de vice-campeão.

A lista dos títulos de campeão em todas as modalidades disputadas em 1962 foi a seguinte:

Aeromodelismo
· Campeão estadual sénior
· Campeão estadual juvenil
· Bi-campeão estadual infantil
· Campeão estadual individual juvenil – voo controlado – acrobacia
· Campeão estadual individual infantil – voo controlado – acrobacia
· Campeão estadual individual juvenil – voo circular controlado – corrida de conjuntos (team racing)
· Campeão estadual individual infantil – voo circular controlado – corrida de conjuntos (team racing)
· Bi-campeão dos Jogos Infantis

Arco e Flecha
· Bi-campeão estadual juvenil feminino
· Campeão estadual infantil feminino
· Bi-campeão dos Jogos Infantis feminino
· Campeão dos Jogos Infantis masculino

Atletismo
· Tetra-campeão estadual juvenil feminino
· Campeão estadual de novíssimas feminino
· Campeão do Troféu Edwin Hime masculino

Basquetebol
· Tri-campeão estadual feminino
· Bi-campeão estadual juvenil masculino
· Bi-campeão estadual infantil masculino
· Bi-campeão da zona sul juvenil masculino
· Tetra-campeão do Torneio de Apresentação feminino
· Campeão do Torneio Quadrangular do Grajaú T.C. juvenil masculino
· Campeão do Torneio 11-13 anos masculino
· Campeão do Torneio 13-15 anos masculino
· Campeão do Torneio de Apresentação infantil masculino
· Campeão do Torneio Ricardo Conde infantil masculino
· Bi-campeão da Taça Eficiência
· Bi-campeão da Taça Disciplina

Esgrima
· Campeão estadual individual – florete
· Campeão do Torneio de Estreantes – sabre
· Campeão da Prova Higino Borges dos Santos – espada

Escotismo
· Campeão do Torneio Baden Powell sénior
· Campeão dos Jogos da Cidade júnior

Futebol
· Bi-campeão estadual
· Bi-campeão estadual amador
· Campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa (Rio – São Paulo)
· Campeão da Taça Líder
· Campeão do Bastão de Prata de Revezamento
· Campeão do Troféu ACD
· Campeão da Taça Brasília
· Bi-campeão do Torneio Início
· Campeão do Torneio Pentagonal do México
· Tri-campeão da Taça Eficiência – Troféu Gilberto Cardoso

Halterofilismo
· Campeão estadual de levantamento de peso 1ª categoria
· Campeão estadual de levantamento de peso 3ª categoria
· Campeão estadual de levantamento de peso estreantes

Pólo Aquático
· Campeão interestadual da competição de fundamentos básicos
· Bi-campeão do Torneio Aberto da Cidade

Remo
· Campeão estadual de seniores
· Campeão estadual de principiantes
· Campeão da Regata Internacional Assunção – Paraguai
· Campeão da Regata Clássica Presidente Juscelino Kubitscheck de Oliveira
· Campeão da Regata Clássica Pereira Passos
· Campeão da Regata Clássica Assembleia Legislativa do Estado da Guanabara
· Campeão da Regata Clássica Carlos Nery Stelling
· Campeão da Regata Clássica Arnaldo Costa
· Campeão da 1ª Regata do Lago Artificial de Brasília
· Campeão da 2ª Regata do C. R. Guanabara
· Campeão da 3ª Regata da Federação Metropolitana de Remo
· Campeão da 7ª Regata da Federação Metropolitana de Remo
· Campeão da 6ª Regata do Fluminense de Natação e Regatas
· Campeão de Outriggers a dois com
· Campeão de Single-Skiff
· Campeão de Double-Skiff
· Campeão de Outriggers a oito com
· Campeão do Troféu Antunes Figueiredo

Voleibol
· Campeão estadual masculino
· Campeão estadual juvenil masculino
· Campeão estadual juvenil feminino
· Campeão estadual de 2ºs quadros masculino
· Campeão dos Jogos Infantis feminino
· Campeão dos Jogos da Primavera feminino
· Campeão do Torneio de Apresentação juvenil feminino
· Campeão da Taça Eficiência

Xadrez
· Campeão estadual de xadrez
· Campeão do Torneio Relâmpago Antônio F. Guimarães
· Campeão da Taça Augusto Ribeiro de Araújo
· Campeão da 1ª Competição R. S. C. Ginástico Português
· Campeão da 2ª Competição R. S. C. Ginástico Português
· Campeão da competição C. X. Marcos Blum
· Campeão dos Jogos Infantis 13-15 anos
· Campeão Absoluto dos Jogos Infantis
Fonte: Mundo Botafogo / Estrela Solitária

sábado, 2 de janeiro de 2010

Botafogo, Único Clube Campeão em 3 Séculos

O Botafogo de Futebol e Regatas, sagrou-se a única entidade esportiva Brasileira Campeã em 3 séculos distintos XIX, XX e XXI, ao vencer o Campeonato Carioca de Futebol em 2006.

Botafogo, detentor da maior invencibilidade do Futebol Brasileiro

O Botafogo de Futebol e Regatas é co-recordista, com o Clube de Regatas Flamengo, de invencibilidade no Brasil, em futebol, com 52 jogos sem perder durante dez meses entre 16/10/1977 e 16/7/1978.

Botafogo, detentor da maior Invencibilidade do Campeonato Brasileiro

Time que ficou invicto durante 10 meses
O Botafogo, que chegou a receber o apelido de o Time de Camburão, conseguiu estabelecer dois recordes dentro do futebol nacional. O clube é o detentor da maior sequência de invencibilidade da história do futebol brasileiro, 52 partidas, num período de 10 meses. Com esta sequência, o clube também conseguiu a maior série invicta do Campeonato Brasileiro: 42 jogos
Eis os Jogos que assinalaram essa invencibilidade

Campeonato Brasileiro de 1977
0x0 Vila Nova, 1x0 Brasília, 3x1 Goiás, 1x1 Goytacaz, 3x1 Atlético-PR, 3x0 Americano, 0x0 Vasco da Gama, 3x0 Londrina, 1x0 Goiânia, 2x2 Botafogo-SP, 1x1 Operário, 1x0 Fluminense-RJ, 3x1 CSA, 0x0 Bahia, 2x0 América-RN, 0x0 Atlético-MG, 3x0 Cruzeiro, 3x1 Fast.

Campeonato Brasileiro de 1978
2x0 Itabuna, 1x1 Bahia, 5x1 Sergipe, 1x0 Volta Redonda, 1x0 Ponte Preta, 0x0 Vasco da Gama, 3x0 Vitória, 1x0 Confiança, 0x0 CSA, 1x0 CRB, 1x1 Guarani, 2x0 América-RJ, 1x1 Flamengo-RJ, 2x2 Botafogo-SP, 2x1 Corinthians, 0x0 Operário/CG, 2x1 Sport, 3x0 Comercial-SP, 3x0 Juventude, 1x1 Flamengo-RJ, 3x1 América-RJ, 0x0 Coritiba, 1x1 Noroeste, 2x1 Palmeiras.

Botafogo 24x0 Mangueira, A maior goleada do Futebol Brasileiro


Em 30 de maio de 1909, o Alvinegro, ainda sob o nome de Botafogo Futebol Clube, aplicou a maior goleada da história do futebol brasileiro: 24 a 0 em cima do Sport Club Mangueira. Resultado que está destacado na “Sala dos números” do Museu do Futebol, instalado no Pacaembu

A partida foi válida pelo Campeonato Carioca de 1909, a quarta edição da centenária competição. Sete clubes disputaram o torneio: Fluminense (campeão), Botafogo, América, Riachuelo, Haddock Lobo, Mangueira e Bangu. O último se retirou da competição em protesto contra a anulação do jogo contra o Riachuelo.

E o Mangueira, time rubro-negro da Tijuca (Zona Norte do Rio), também desistiu da competição a quatro rodadas do encerramento do torneio, com um saldo de um empate e nove derrotas em dez jogos. A equipe marcou quatro gols e sofreu 45.

Vinte e quatro destes feitos pelo Botafogo. O primeiro tempo do jogo naquele 30 de maio de 1909 no campo da Rua Voluntários da Pátria terminou 9 a 0 para o Alvinegro. Que balançou a rede mais 15 vezes nos 40 minutos finais (um gol a cada 2,6 minutos). Naquele tempo, os períodos tinham cinco minutos a menos. Ainda bem para o Mangueira, que entrou em campo com apenas dez jogadores.

O artilheiro da partida foi Gilbert Hime, que fez nove gols. Recorde no futebol nacional até 1976, quando Dario marcou dez no jogo Sport 14 x 0 Santo Amaro, pelo Campeonato Pernambucano.

Flávio Ramos (sete), Monk (dois), Lulu Rocha (dois), Raul Rodrigues, Dinorah, Henrique Teixeira e Emmanuel Sodré completaram o placar para o Botafogo.

Autor de um gol naquela histórica partida, o defensor Dinorah teve uma história de vida marcada por uma tragédia. Dois meses e meio depois da goleada sobre o Mangueira, em 15 de agosto, o jogador foi atingido na nuca, dentro de sua casa, por um tiro disparado pelo escritor Euclydes da Cunha, autor do clássico ”Os Sertões”. Dinorah era irmão do militar Dilermando Cândido, amante de Ana de Assis, mulher do escritor. Irritado com a traição, Euclydes invadiu a casa do rival, no bairro de Piedade (Zona Norte do Rio), e iniciou o tiroteio. E acabou morto por Dilermando, bem mais hábil com uma arma de fogo.

Mesmo com a bala alojada em seu corpo, Dinorah continuou jogando e foi campeão carioca pelo Botafogo em 1910. Mas progressivamente, foi perdendo os movimentos, até ficar paraplégico. Anos depois, amargurado, cometeu suícidio ao se jogar nas águas do Rio Guaíba (Porto Alegre).

BOTAFOGO 24 x 0 MANGUEIRA

Data: 30/05/1909
Competição: Campeonato Carioca
Local: Rua Voluntários da Pátria
Árbitro: Antônio Miranda

Botafogo: Coggin, Raul Rodrigues e Dinorah; Rolando de Lamare, Lulu Rocha e Edgard Pullen; Henrique Teixeira, Flávio Ramos, Monk, Gilbert Hime e Emmanuel Sodré.

Mangueira: Luiz Guimarães, José Perez e Carlos Mongey; Victor, Jonas Cunha e Justino Fortes; Alberto Rocha, João Pereira, Menezes e Maranhão.

Gols – Gilbert Hime (9), Flávio Ramos (7), Monk (2), Lulu Rocha (2), Raul Rodrigues, Dinorah, Henrique Teixeira e Emmanuel Sodré.